Bruno Guillon dá a notícia após o ataque

“Fiquei chateado, minha família também, mas estamos vivos e isso é o principal.” Durante a noite de terça para quarta, o apresentador de rádio e televisão Bruno Guillon e sua família foram vítimas de um assalto. Pquatro homens que o ameaçaram com uma arma e amarraram a sua mulher na sua casa em Tessancourt-sur-Aubette (Yvelines).

De volta ao microfone de seu programa na Fun Radio desta quinta-feira, Bruno Guillon falou sobre esse ataque. “Recebi milhares de mensagens de pessoas próximas e de muitas pessoas que não conhecia que são ouvintes ou telespectadores”, confidencia. A primeira lição que aprendi é que você é tão rico quanto seus amigos e a segunda, e vou mantê-la por toda a vida, é que você tem que ficar de cueca quando dorme. Você nunca sabe como vai acordar de manhã”, confidenciou com um sorriso.

Este conteúdo está bloqueado porque você não aceitou cookies e outros rastreadores.

Clicando em ” Aceito “cookies e outros rastreadores serão colocados e você poderá visualizar o conteúdo (Mais Informações).

Clicando em “Aceito todos os cookies”você autoriza o armazenamento de cookies e outros rastreadores para armazenamento de seus dados em nossos sites e aplicativos para fins de personalização e direcionamento publicitário.

Você pode retirar seu consentimento a qualquer momento consultando nosso política de proteção de dados.

Gerenciar minhas escolhas



Cerca de 100.000€ em danos

“Passei meia hora com um foguete na testa, as mãos amarradas nas costas e nua. Obviamente, fiquei chateado. Minha família também”, acrescentou.

Na quarta-feira, o Ministério Público de Versalhes anunciou a abertura de uma investigação sobre assalto à mão armada por uma gangue organizada e sequestro. A investigação foi entregue à Polícia Federal. De acordo com BFMTVa primeira estimativa coloca os danos em cerca de 100.000 euros.

Related Articles

Back to top button