GIR 3: definição, explicação e valor da APA

A que ajuda financeira pode ter direito um idoso do GIR 3?

Um idoso classificado no GIR 3 pode beneficiar de diversos apoios financeiros para reduzir os custos dos seus cuidados, tanto no domicílio como num lar de idosos.

Subsídio de autonomia personalizado (APA) no GIR 3

O subsídio de autonomia personalizado (APA) é um dos principais ajuda financeira para idosos em situação de dependência, nomeadamente na RGI 3. Destina-se a financiar parte dos custos associados à perda de autonomia.

A APA pode ser utilizada para cobrir diversos tipos de despesas, por exemplo:

  • serviços de ajuda domiciliar (assistência na limpeza, preparação de refeições, lavagem e vestir),
  • adaptações habitacionais para facilitar a mobilidade e a segurança,
  • soluções de descanso como uma creche ou uma estadia temporária num lar de idosos,
  • alojamento em estabelecimento especializado como uma casa de repouso ou um USLD.

Como é calculado o APA em casa?

EU’APA em casa é concedido a idosos do GIR 3 que residam no domicílio, com familiar ou cuidador familiar, bem como em residência sénior não médica.

O cálculo da APA é realizado a partir de:

  • o custo do plano assistencial estabelecido pela equipe médico-social do serviço
  • da participação do beneficiário, fixada de acordo com seus recursos.

Valor da APA no domicílio em GIR 3 = despesas do plano de auxílio – participação do requerente

O limite máximo do plano de ajuda APA no GIR 3 é de 1.118,61€ por mês (em 2023). Isto significa que o custo de todos os serviços prestados durante o mês para facilitar a permanência em casa não pode ultrapassar este valor. Em caso de ausência do cuidador (necessidade de descanso, problema de saúde, etc.), poderá haver aumento da APA, sob determinadas condições.

A quantas horas de assistência temos direito para um GIR 3?

O número de horas de ajuda no GIR 3 gira em média em torno de 45 horas por mês, ou 1,5 horas por dia.

Na verdade, a quantidade de horas que pode ser concedida para uma GIR 3 varia, geralmente de 24 a 65 horas, dependendo da tarifa horária e do plano assistencial definido (HCFEA, 2021). O salário do cuidador é de facto diferente se recorrermos a um emprego direto ou a um prestador de serviços.

Qual o valor da APA no GIR 3 nos lares de idosos?

O valor da APA no GIR 3 nos lares de idosos corresponde à participação do departamento no pagamento da taxa de dependência do estabelecimento. Concretamente, além da taxa de alojamento, o residente deverá pagar a taxa de dependência de GIR 3-4. Calculado de acordo com os seus recursos, o valor da APA cobre parte desta despesa.

Se o rendimento mensal do beneficiário não exceder 2.635,54€, este paga apenas a comparticipação, correspondente à taxa de dependência de 5-6 GIR (preço mais baixo).

Caso contrário, a sua participação é calculada de acordo com os seus recursos, o seu património e as taxas de dependência da sua GIR e GIR 5-6.

Quantidade de APA na GIR 3 em lares de idosos = taxa de dependência na GIR 3-4 – participação dos residentes

Para saber mais, descubra qual valor de APA reivindicar no GIR 3dependendo da situação do idoso.

Redução de impostos em lares de idosos

Um sénior do GIR 3 admitido num estabelecimento para pessoas dependentes tem direito a uma redução de imposto nas despesas de acolhimento.

As estruturas em causa são todas aquelas onde o idoso paga despesas ligadas à perda de autonomia, nomeadamente lares de idosos. A redução do imposto equivale a 25% dos custos de alojamento e dependências, após redução de quaisquer apoios financeiros (APA, subsídio de habitação, assistência social). Existe um limite de gastos de 10.000 euros por pessoa por ano. Assim, o sujeito passivo residente no GIR 3 pode beneficiar de uma redução máxima de 2.500€ por ano.

O crédito fiscal para ajuda domiciliar

A utilização de serviços de apoio domiciliário a idosos do RGI 3 dá direito a crédito fiscal sobre as despesas efetivamente incorridas.

Este crédito fiscal equivale a 50% dos custos incorridos (após dedução de auxílios, como APA) limitado a € 12.000 por pessoa por ano. O limite de despesa pode ser aumentado em 1.500 euros por pessoa com 65 ou mais anos no agregado familiar (mas não superior a 15.000 euros).

Se for o descendente quem paga a ajuda domiciliária na casa dos pais, é a ele que é concedido o benefício fiscal.

Quadro resumo das principais características do GIR 3

ENGRENAGEM 3

Vício

Parcial, especialmente para atividades corporais

Funções cognitivas

Satisfatório, mas às vezes ligeiramente reduzido

Mobilidade

Muito limitado

Atividades do dia a dia

Perda de autonomia para determinadas tarefas

Assessores

Assistência humana várias vezes ao dia

Comunicação

Geralmente preservado

Alojamento

  • Melhoria necessária na casa
  • Apoio em lares de idosos ou USLD

Apoio da família

Envolvimento bastante significativo dos cuidadores

Financiamento

  • Subsídio de autonomia personalizado (APA)
  • Crédito fiscal para ajuda domiciliar
  • Redução de impostos para cuidados em lares de idosos

Teto do plano de assistência domiciliar da APA

1 118,61

Related Articles

Back to top button