Margaux Albrecht, a candidata de Estrasburgo que pode fazer tudo

“Estou prestes a terminar meus quinze anos de estudo! », ri Margaux Albrecht. Depois de concluir uma tese de farmácia em 2015, trabalhou em diversas farmácias em Estrasburgo, na sua cidade natal e arredores. “Mas descobri que faltava alguma coisa para prestar o atendimento geral ao paciente, principalmente o aspecto clínico. Queria aprofundar minhas habilidades e entrei no jogo…”

“Preciso sempre pesquisar um pouco mais”

Esta última frase resume bem a trajetória da jovem, que completará 33 anos no próximo mês. Há seis anos, graças a uma possível ponte entre os dois setores, ingressou no terceiro ano de medicina. Em algumas semanas, ela será médica, pronta para abrir um consultório clínico geral. “Mas me conhecendo, não vou parar por aí. Sempre preciso pesquisar um pouco mais. »

Bombeira voluntária, ela se pergunta “se não haverá algo para fazer, profissionalmente”, com os bombeiros….

Related Articles

Back to top button