RGI 5 e 6: definição, apoio e ajuda doméstica

Que ajuda financeira é possível nas GIR 5 e 6?

Existem várias ajudas financeiras para facilitar a permanência em casa dos idosos das GIR 5 e 6.

Considerados autónomos, estes idosos não têm direito ao subsídio de autonomia personalizado (APA), reservado aos GIR 1 a 4. Mas existem outras soluções.

Ajuda doméstica do Conselho Departamental

O Conselho Departamental oferece ajuda doméstica aos idosos que têm dificuldade em realizar determinadas tarefas domésticas em casa.. Ajuda a financiar serviços de assistência pessoal, tais como:

  • Tarefas domésticas,
  • preparação de refeições,
  • cuidados com a lavanderia,
  • compras, etc

A concessão destes apoios está sujeita a condições de idade, recursos e autonomia. :

  • ter pelo menos 65 anosou 60 anos em caso de incapacidade para o trabalho,
  • precisa de assistência para realizar certas tarefas domésticas,
  • não ser elegível paraO QUEou seja, ser classificado em GIR 5 ou 6,
  • têm recursos inferiores à ASPA : 961,08€ por mês para uma pessoa solteira, ou 1.492,08€ para um casal (em 2023).

O cálculo da ajuda depende de cada departamento. Às vezes, o beneficiário deve pagar uma contribuição.

A solicitação deverá ser feita ao Centro Municipal de Ação Social (CCAS) da sua localidade.

O número de horas de apoio domiciliário nos GIR 5 e 6 está limitado a

  • 30 horas por mês para uma única pessoa,
  • 48 horas por mês, se ambos os membros do casal beneficiarem.

Esta ajuda financeira pode ser recuperada junto do património, se for superior a 46.000€.

Ajuda para transportar refeições

O departamento também pode conceder assistência financeira para entrega de refeição. Destina-se a idosos dos GIR 5 e 6, que não são elegíveis para a APA e cujos recursos são inferiores aos da ASPA. Cobre a totalidade ou parte dos custos de entrega das refeições, dependendo da regulamentação de assistência social do departamento.

Assistência de fundos de pensão

O fundos de pensão também oferecem atendimento a idosos nas GIR 5 e 6. Estes podem cobrir parte das despesas relacionadas com ajuda ao domicílio ou desenvolvimento habitacional.

Os critérios de atribuição variam consoante o fundo de pensões, mas geralmente têm em conta o nível de autonomia e os recursos da pessoa.

Quanto à ajuda doméstica departamental, o requerente não deve ser elegível para APA. Devem estar inscritos no fundo de pensões ao qual se candidatam, ter idade igual ou superior a 55 anos e necessitar de assistência.

Os planos de ação social dos fundos de pensões incluem diversos benefícios:

  • Programas de prevenção (workshops, conferências, etc.),
  • Serviços de assistência pessoal,
  • Alarme remoto,
  • Soluções de descanso (alojamento temporário em lar de idosos ou centro de dia),
  • Acompanhamento no transporte,
  • Ajuda de férias,
  • Pequenos equipamentos de prevenção de acidentes domésticos (barras de apoio, etc.)
  • Adaptação de habitações, por vezes em cooperação com a Agência Nacional de Habitação (ANAH).

O seguro de reforma do regime geral da Segurança Social oferece assim uma assistência denominada “Envelhecer bem em casa”. Permite adaptar a sua residência principal ao envelhecimento e tem um limite máximo de 3.500 euros. É reservado para aposentados do GIR 5 e 6 (não elegíveis para APA).

O crédito fiscal para empregar um funcionário em casa

O crédito tributário para contratação de empregado em domicílio é um sistema tributário que permite a dedução de parte das despesas relacionadas à assistência pessoal.. É acessível sem condições de autonomia, o que o torna particularmente útil para pessoas classificadas nas RGI 5 e 6.

O crédito tributário equivale a 50% das despesas incorridas com serviços de assistência pessoal. Estas despesas estão limitadas a 12.000€ por ano (acréscimo de 1.500€ por pessoa com 65 ou mais anos). Esse benefício fiscal também está aberto aos cuidadores se estes financiarem estes serviços realizados no domicílio do seu ascendente.

Um sénior no GIR 5 e 6 também pode beneficiar de isenção de contribuições patronais para a segurança social pelo emprego de um trabalhador no domicílio. Ele deve ter 62 anos ou mais. Também aqui as despesas são limitadas a 12.000€ por ano. Alguns serviços têm limites diferentes.

Estas diversas ajudas oferecem um apoio financeiro significativo aos idosos das RGI 5 e 6. Para delas beneficiar é fundamental obter informação junto dos organismos competentes e tomar as medidas necessárias.

Quadro resumo das principais características do GIR 5 e 6

GIR de acordo com a grelha AGGIR ENGRENAGEM 5 ENGRENAGEM 6
Vício Autonomia preservada
Funções cognitivas Satisfatório
Mobilidade Preservado
Atividades do dia a dia Autônomo em todas as atividades
Assessores Assistência ocasional com lavagem e algumas atividades domésticas Não precisa de ajuda especial
Comunicação Preservado
Alojamento
  • Design de casa útil
  • Acolhimento em lar de idosos ou residência sénior
Apoio da família Envolvimento mínimo do cuidador
Financiamento
  • Ajuda doméstica do departamento ou fundo de pensão
  • Crédito fiscal para ajuda domiciliar
  • Ajuda para transportar refeições
Teto do plano de assistência domiciliar da APA Não elegível

Related Articles

Back to top button